Quando contratar uma auditoria para minha empresa?





Auditorias fazem parte do ciclo de empresas dos mais diversos tamanhos e mercados de atuação. Num mercado tão competitivo como o nosso, e diante de um cenário e

conômico onde, conforme o IBGE, mais empresas fecham do que abrem, investir na auditoria é essencial para evitar problemas e descobrir possíveis atritos internos de forma antecipada.


A auditoria, quer seja ela contábil, jurídica ou financeira, é um bom exame interno a ser conduzido, capaz de oferecer um grande diferencial competitivo perante a concorrência.


Qual o melhor momento para conduzir a auditoria numa empresa?

Existem momentos chave onde a auditoria é mais recomendável, como em fusões, vendas, negociação com fornecedores, expansões e assim por diante. Momentos sensíveis exigem que “a casa esteja arrumada”, mas isso não significa que em outras situações a auditoria não tenha espaço.


Na verdade, o que é reverberado pelos especialistas é não haver melhor momento para conduzir uma auditoria se não agora. Através de uma auditoria, é possível reduzir autuações administrativas; melhorar a imagem do negócio perante consumidores e investidores; institucionalizar boas práticas e garantir um sistema de autofiscalização, entre outros benefícios.


Uma auditoria externa ou interna: qual a diferença?


Uma vez que perceba a importância de conduzir um exame investigativo em sua empresa, é o momento de decidir entre a auditoria interna ou externa. Cada uma se encaixa melhor numa situação específica:


  • Auditoria Interna: é aquela conduzida por um ou vários profissionais da própria empresa, para analisar os processos internos e encontrar possíveis gargalos. Como o foco está geralmente ligado às necessidades urgentes da administração, costuma ser aplicada mais vezes e em momentos que não têm tanto peso para a trama da empresa;

  • Auditoria externa: é realizada por um profissional ou vários, que não têm vínculo com a empresa. Costumeiramente mais aprofundada e especializada, essa auditoria também lida com o benefício de ser livre de imparcialidade ou conflito de interesses, garantindo um relatório final completamente confiável. Voltada para o mercado, ela serve de garantia de que a empresa é livre de corrupção, tem boas práticas de governança e outros fatores procurados por investidores.


Enquanto a auditoria interna é uma ação de iniciativa própria da empresa, que visa aprimorar seus processos internos, a auditoria externa é obrigatória em algumas situações, principalmente quando se fala em empresas de grande porte e de capital aberto.


A auditoria externa pode ser conduzida por iniciativa própria da empresa, visando analisar melhor a situação contábil e financeira, conseguindo um olhar mais crítico e especializado sobre o negócio.


Os profissionais Itamaraty podem te ajudar


Você sabia que os profissionais da Itamaraty Contabilidade conseguem oferecer um leque de serviços variados, que vão desde a auditoria, que comentamos nesse post, até mesmo outsourcing contábil, legalização de empresas, revisão e recuperação de impostos e muito mais.


Estamos há 40 anos prestando serviços que geram valor e auxiliam as empresas a otimizarem seus funcionamentos. Conheça melhor a nossa história, nossa missão e nossos valores conversando com um de nossos especialistas. Clique aqui e saiba mais.

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo